Atalho para Facebook
Atalho para Twitter
Atalho para Youtube
Atalho para Facebook
Atalho para Twitter
Atalho para Youtube

espaço

Thursday , 18 de may de 2017

STJ determina a prisão da ex-prefeita de Ribeirão Preto Dárcy Vera

Gaeco aponta documentos apreendidos, informações fiscais e relatos como provas
Gaeco aponta documentos apreendidos, informações fiscais e relatos como provas
Dárcy Vera
Foto: Julio Sian, revista REVIDE.
 
A 6ª Turma do Superior Tribunal de Justiça determinou nesta quinta-feira (18/5) a prisão de Dárcy Vera, ex-prefeita de Ribeirão Preto (PSD), em caráter preventivo. O colegiado cassou habeas corpus concedido em dezembro de 2016 por 4 votos a 1.
 
Para a defesa, o decreto de prisão baseou-se em argumentos genéricos, como gravidade do suposto delito e necessidade de preservar a aplicação da lei penal. Mas o STJ entendeu que a medida é necessária para impedir que os valores desviados sejam ocultados. A 6ª Turma também restabeleceu a prisão preventiva de Angelo Invernizzi, ex-secretário de Educação de Ribeirão Preto.
 
Segundo o Ministério Público de São Paulo, uma ex-advogada do Sindicato dos Servidores Municipais contou com apoio “do alto escalão” da prefeitura para desviar pelo menos R$ 45 milhões dos cofres públicos entre 2013 e 2016, inclusive valores que o próprio município pagaria a servidores prejudicados pelo Plano Collor. O MPSP afirma que o grupo falsificou documentos e enganou quem receberia o dinheiro para encobrir a fraude.
 
O Grupo de Atuação Especial de Combate ao Crime Organizado (Gaeco) aponta como provas documentos apreendidos, informações fiscais e relatos de investigados que assinaram delação premiada.

Núcleo de Comunicação Social

Ministério Público do Estado de São Paulo - Rua Riachuelo, 115 – São Paulo (SP)
comunicacao@mpsp.mp.br | Tel: (11) 3119-9027 / 9028 / 9031 / 9032 / 9039 / 9040 / 9095
espaço
espaço

MINISTÉRIO PÚBLICO DO ESTADO DE SÃO PAULO

Rua Riachuelo, 115 - São Paulo - CEP 01007-904 - PABX: 11 3119.9000

Horário de Atendimento: das 9h às 19h

Todos os direitos reservados

 
espaço