Atalho para Facebook
Atalho para Twitter
Atalho para Youtube
Atalho para Facebook
Atalho para Twitter
Atalho para Youtube

espaço

Tuesday , 12 de september de 2017

Ministério Público dá início a processo de escolha de vagas pelos novos analistas

Instituição caminha para estabelecer relação de um analista para cada membro
Instituição caminha para estabelecer relação de um analista para cada membro

Escolha de vagas - analista (mesa)


Mais de 200 aprovados para o concurso de analistas jurídicos compareceram nesta terça-feira (12/9) à sede do Ministério Público de São Paulo para escolher em quais setores da instituição serão lotados. Eles receberam as boas-vindas do subprocurador-geral de Justiça de Planejamento, Paulo Sérgio de Oliveira e Costa, do diretor-geral do MPSP, Ricardo Leonel, e do presidente da Associação dos Assistentes Jurídicos do Ministério Público, Vinicius Mendes. O promotor de Justiça Dênis Fábio Marsola também prestigiou os novos analistas.

Mendes, em sua saudação aos novos colegas, ressaltou a valorização dos servidores que vem sendo implementada pela PGJ.

Escolha de vagas - analista (Caroline)De acordo com Oliveira e Costa, com a criação dos 546 cargos de analistas pela Assembleia Legislativa em julho, o MPSP caminha para o estabelecimento da relação de um assistente para cada membro da instituição, conforme a Procuradoria-Geral de Justiça havia sinalizado.

Uma das novas analistas do MPSP é Caroline Maria Cavicchioli Prado, que já conhece bastante sobre a atuação da instituição por ter sido estagiária. Ela optou pela Promotoria de Justiça de Santa Isabel, regional da Grande São Paulo, e conta que sempre quis construir uma carreira no Ministério Público. Além de residir perto da lotação escolhida, Caroline ficou com uma vaga numa Promotoria de vara única, o que lhe permitirá atuar nas mais diversas áreas. " Terei a chance de atuar no eleitoral, cível, criminal, difusos, etc. O cargo de analista irá me proporcionar um grande aprendizado. Pretendo aproveitá-los da melhor forma e continuar meus estudos para, um dia, me tornar promotora. Nós precisamos de pessoas engajadas na defesa da sociedade", opina. 


Leonardo Rosa Zanelatto, que estudou Direito na Faculdade Damásio, compareceu à escolha de vagas com o intuito de trabalhar na área cível ou de direitos difusos, por despertarem mais o seu interesse. "O MPSP é uma instituição valorizada e muito respeitada, por isso pretendo seguir carreira", disse.

Escolha de vagas - analista (Livia)Também ex-estagiária do MPSP, Livia Astolfi Duarte Neves veio interessada em trabalhar na Procuradoria Criminal, ramo do Direito com o qual ganhou afinidade após estagiar na Promotoria do 1º Tribunal do Júri da capital. "Aprendi muito como estagiária do MPSP, foi uma experiência rica. Sempre falo para quem está começando a estudar Direito que é importante estagiar numa instituição como o Ministério Público". Após finalizar o estágia e advogar por algum tempo, Livia resolveu prestar o concurso de analista para continuar galgando degraus em sua carreira. "Não quero sair do Ministério Público, estou muito feliz com a minha conquista", comemorou. 

Para a escolha de vagas, Livia veio acompanhada pelo pai, o procurador aposentado do Estado José Celso Duarte Neves. "Acompanho as vitórias da minha filha desde o berçário, e hoje não poderia ser diferente", afirmou. Neves diz ver com bons olhos as escolhas profissionais da filha, por acreditar que o Ministério Público de São Paulo é uma instituição muito bem organizada e que reserva um futuro grandioso para qualquer pessoa interessada na carreira jurídica. 


Núcleo de Comunicação Social

Ministério Público do Estado de São Paulo - Rua Riachuelo, 115 – São Paulo (SP)
comunicacao@mpsp.mp.br | Tel: (11) 3119-9027 / 9028 / 9031 / 9032 / 9039 / 9040 / 9095
espaço
espaço

MINISTÉRIO PÚBLICO DO ESTADO DE SÃO PAULO

Rua Riachuelo, 115 - São Paulo - CEP 01007-904 - PABX: 11 3119.9000

Horário de Atendimento: das 9h às 19h

Todos os direitos reservados

 
espaço