Atalho para Facebook
Atalho para Twitter
Atalho para Youtube
Atalho para Facebook
Atalho para Twitter
Atalho para Youtube

espaço

Tuesday , 19 de december de 2017

A pedido do MPSP, é determinado leilão de veículos apreendidos na Operação Sevandija

Entre carros e motos que serão vendidos há Toyotas, Porches e BMWs
Entre carros e motos que serão vendidos há Toyotas, Porches e BMWs

Veículos apreendidos durante a Operação Sevandija irão a leilão após pedido apresentado à Justiça pelo MPSP. Entre os automóveis e motocicletas atingidos pela decisão judicial, da última sexta-feira (15/12), estão um Mercedes Benz, dois Porsches Cayenne, um Volvo, quatro Toyotas Hilux e uma motocicleta BMW, que valem aproximadamente um milhão, novecentos e oitenta mil reais. 

A primeira fase da Operação Sevandija foi deflagrada pelo Grupo de Atuação Especial de Combate ao Crime Organizado do Ministério Público de São Paulo (Gaeco) e pela Polícia Federal em setembro de 2016. A operação, resultado de uma investigação conjunta realizada pela PF e pelo Gaeco, apurou crimes de fraude a licitação, peculato, corrupção ativa e passiva e tráfico de influência no âmbito da Prefeitura Municipal de Ribeirão Preto, no interior de São Paulo. As investigações tiveram início em julho de 2015 e se basearam em informações de que estariam ocorrendo fraudes em diversos setores da prefeitura, Câmara Municipal e de órgãos públicos, envolvendo dezenas de agentes públicos, agentes políticos e empresas privadas sediadas em várias cidades, inclusive no Estado de Mato Grosso do Sul.

As investigações levaram ao oferecimento de denúncia contra Darcy Vera, ex-prefeita de Ribeirão Preto, e à decretação de sua prisão preventiva. Darcy foi acusada pelos crimes de corrupção passiva, peculato e associação criminosa. Planilhas e apontamentos de combinação para pagamento de propinas foram encontrados em diligências de busca e apreensão e as falsidades confirmadas por documentos obtidos após colaboração premiada de um dos envolvidos.

Informações bancárias, a partir de afastamento do sigilo fiscal, indicaram que a ex-prefeita apresentou movimentação financeira incompatível com os rendimentos brutos declarados, no período de 2010 a 2015, configurando possível ocultação de suas fontes de recursos.


Núcleo de Comunicação Social

Ministério Público do Estado de São Paulo - Rua Riachuelo, 115 – São Paulo (SP)
comunicacao@mpsp.mp.br | Tel: (11) 3119-9027 / 9028 / 9031 / 9032 / 9039 / 9040 / 9095
espaço
espaço

MINISTÉRIO PÚBLICO DO ESTADO DE SÃO PAULO

Rua Riachuelo, 115 - São Paulo - CEP 01007-904 - PABX: 11 3119.9000

Horário de Atendimento: das 9h às 19h

Todos os direitos reservados

 
espaço