Atalho para Facebook
Atalho para Twitter
Atalho para Youtube
Atalho para Facebook
Atalho para Twitter
Atalho para Youtube

espaço

Wednesday, 11 de july de 2018

MPSP e Sebrae escolhem empresas com soluções para melhorar administração pública

Pitch MPSP 1.0 pretende usar recursos tecnológicos de comunicação inovadores e ágeis
Pitch MPSP 1.0 pretende usar recursos tecnológicos de comunicação inovadores e ágeis

As soluções propostas pelas startups Linha Direta, Wifi.fi, J7J Soluções e Juristec+ (empresas que desenvolvem produtos ou serviços inovadores, com potencial de crescimento rápido) que participaram do projeto Pitch MPSP 1.0, foram apresentadas na tarde desta quarta-feira (11/7), no auditório Tilene de Moraes, prédio-sede da instituição, para uma banca examinadora composta por representantes do MPSP e do Sebrae SP. O Pitch MPSP 1.0 foi desenvolvido pelo Ministério Público em parceria com o Sebrae SP para construir recursos inovadores que contribuam para a resolução de desafios enfrentados pela administração pública e, consequentemente, para tornar o MPSP ainda mais próximo da sociedade. As empresas escolhidas serão anunciadas na próxima semana no portal do Ministério Público.  

O Pitch é uma apresentação rápida em que o empreendedor mostra o seu negócio de forma clara e concisa. Por esse motivo, os participantes tiveram cerca de 10 a 15 minutos para apresentar as soluções e, em seguida, responder a perguntas da banca. Foram exibidas plataformas de comunicação direta com a sociedade por meio de chat boot (canal de relacionamento direto com os cidadãos para esclarecimento de dúvidas ou recebimento de denúncias), de segurança compartilhada por meio de aplicativo já utilizado em sociedade com a polícia no Rio de Janeiro, em que os usuários podem mandar vídeos, áudios ou textos em caso de situações de violência para acionar socorro; e de inclusão digital por meio do oferecimento de Wi-Fi grátis em totens instalados em áreas de grande concentração de pessoas nas cidades. 

Participaram da sabatina o gestor estadual do programa startup do Sebrae SP, Leandro Queiróz, e os promotores de Justiça Fábio Bechara, secretário executivo da Procuradoria-Geral de Justiça, e Leonardo Romanelli, de Ribeirão Preto, além do coordenador do Centro de Tecnologia da Informação e Comunicação (CTIC) do MPSP, Laércio Carrasco. 

Carrasco ressaltou que o projeto é mais um passo inovador que o MPSP constrói na atual gestão na área de tecnologia. “São soluções importantes que terão impacto direto na vida da população”, disse. Bechara, que também lembrou tratar-se da primeira experiência do MPSP na área de startups, agradeceu a parceria do Sebrae SP e disse que a inovação trará novas expertises para dentro da realidade da instituição. “Trata-se de um primeiro passo para uma grande caminhada na busca de soluções simples e objetivas, mas de alta complexidade, que vão trazer inovações na administração pública e na vida das pessoas”.

Após o evento, as soluções escolhidas serão implementadas da seguinte forma: os finalistas e a comissão de análise irão especificar o objeto e o ambiente de teste, de acordo com a solução apresentada e com o desafio proposto, devendo conjuntamente elaborar uma proposta de plano de trabalho. 

Havendo convocação, o teste das soluções inovadoras será realizado no âmbito do Ministério Público, no que couber, mediante celebração de convênio. Assim, as startups terão a chance de utilizar a estrutura do MPSP para testar as suas soluções.

O objetivo do projeto foi selecionar startups que apresentaram propostas para solucionar dois desafios: a viabilização de um acesso mais rápido e prático ao sistema de Recursos Humanos da instituição e o desenvolvimento de uma tecnologia que promova a participação da população nas ações do MPSP. A ideia é trazer soluções concretas que possam ser implementadas de imediato. Por isso, foram consideradas apenas aquelas que já possuem protótipos funcionais. Os critérios foram: compatibilidade, inovação e benefícios, maturidade, modelo de negócios e equipe. 

As startups selecionadas que alcançarem as metas definidas receberão um certificado de participação e atestação técnica demonstrando sua capacitação tecnológica. Além disso, integrantes da melhor startup serão contemplados com viagem ao South by Southwest (SXSW), nos EUA, onde ocorre uma das principais conferências de inovação e tecnologia do mundo. O convênio será formalizado na fase de teste da solução e não prevê repasse de recursos. Após a validação da solução, a empresa vencedora deverá ceder ao MPSP a solução completa sem custos, não perdendo os direitos de comercialização para outros clientes, incluindo os Ministérios Públicos de outros Estados.  

O Ministério Público do Estado de São Paulo vem acompanhando as soluções tecnológicas inovadoras que, a todo o momento, têm sido desenvolvidas para resolver ou contribuir com diversos problemas e necessidades da sociedade. O Pitch MPSP procura aproximar essas soluções dos desafios enfrentados pelo setor público.


Núcleo de Comunicação Social

Ministério Público do Estado de São Paulo - Rua Riachuelo, 115 – São Paulo (SP)
comunicacao@mpsp.mp.br | Tel: (11) 3119-9027 / 9028 / 9031 / 9032 / 9039 / 9040 / 9095
espaço
espaço

MINISTÉRIO PÚBLICO DO ESTADO DE SÃO PAULO

Rua Riachuelo, 115 - São Paulo - CEP 01007-904 - PABX: 11 3119.9000

Horário de Atendimento: das 9h às 19h

Todos os direitos reservados

 
espaço