Atalho para Facebook
Atalho para Twitter
Atalho para Youtube
Atalho para Instagram
Atalho para Facebook
Atalho para Twitter
Atalho para Youtube
Atalho para Instagram

espaço

Friday , 08 de february de 2019

PGJ destaca atuação do Núcleo de Incentivo em Práticas Autocompositivas do MPSP

Solenidade nesta sexta-feira formalizou quatro unidades do Nuipa
Solenidade nesta sexta-feira formalizou quatro unidades do Nuipa

"Não podemos nos afastar de quem nós representamos". Foi com essa frase que o procurador-geral de Justiça, Gianpaolo Smanio, justificou a formalização de quatro unidades do Nuipa (Núcleo de Incentivo em Práticas Autocompositivas), em solenidade realizada na tarde desta sexta-feira (8/2), na sede do Ministério Público de São Paulo. "São pessoas tecnicamente preparadas para fazer a mediação", afirmou o PGJ.

 

O Nuipa de Barueri está sob a coordenação do promotor de Justiça Marcos Mendes Lyra. O da Regional Norte da Capital, sob a coordenação do promotor Airton Buzzo Alves. A promotora Mônica Lodder coordena o da Regional Cível de Santo Amaro. E a promotora Maria Alzira de Almeida Alvarenga, o da Regional Cível do Butantã. "São colegas que realmente se distinguem por essa atividade de defesa da cidadania", afiançou o PGJ. Ele destacou o papel da coordenadora-geral do Nuipa, Maria Stella Camargo Milani, na difusão do conceito. "Isso é fruto do trabalho da Stella", afirmou.

O ex-procurador-geral de Justiça Cláudio Alvarenga prestigiou o evento e foi calorosamente recebido pelos colegas. "Estou profundamente feliz de estar aqui", discursou. "Concordo com absolutamente tudo que o doutor Smanio falou. Precisamos ajudar os que tiveram menor fortuna na vida. Tenho muito orgulho que minha filha participe disso", acrescentou Alvarenga, pai da promotora Maria Alzira, para concluir. "Festejo o meu Ministério Público. Reitero minha saudade e um grande abraço a todos vocês".

De acordo com Smanio, o MPSP assumiu um outro perfil com o trabalho da geração comandada por Alvarenga e outras grandes figuras da instituição. "Vi a geração deles construir o que nós temos hoje".

Para a corregedora-geral do MPSP, Tereza Exner, a união entre o passado e o futuro é importante para a instituição. O Nuipa, em sua visão, enfatiza uma característica do promotor de Justiça, que é "aquela autoridade em que o cidadão pode ir ao gabinete sem marcar hora e ser bem recebido". 

Stella explicou que o promotor natural que identificar pessoas com vínculo continuado (como familiares ou vizinhos, por exemplo) como protagonistas de conflitos em casos de sua responsabilidade poderá acionar o Nuipa, que tentará mediar um entendimento entre os contendores.

Mais fotos da solenidade podem ser vistas aqui.


Núcleo de Comunicação Social

Ministério Público do Estado de São Paulo - Rua Riachuelo, 115 – São Paulo (SP)
comunicacao@mpsp.mp.br | Tel: (11) 3119-9027 / 9028 / 9031 / 9032 / 9039 / 9040 / 9095
espaço
espaço

MINISTÉRIO PÚBLICO DO ESTADO DE SÃO PAULO

Rua Riachuelo, 115 - São Paulo - CEP 01007-904 - PABX: 11 3119.9000

Horário de Atendimento: das 9h às 19h

Todos os direitos reservados

 
espaço