Atalho para Facebook
Atalho para Twitter
Atalho para Youtube
Atalho para Instagram
Atalho para Facebook
Atalho para Twitter
Atalho para Youtube
Atalho para Instagram

espaço

Wednesday, 12 de june de 2019

Entidade de servidores públicos pede investigação sobre fraudes com precatórios

Assunto foi discutido em audiência com procurador-geral de Justiça
Assunto foi discutido em audiência com procurador-geral de Justiça

O procurador-geral de Justiça, Gianpaolo Smanio, recebeu nesta quarta-feira (12/6) o deputado federal Arnaldo Faria de Sá e o diretor jurídico da Confederação Nacional dos Servidores Públicos (CNSP), Julio Bonafonte. Na audiência com o parlamentar, autor da PEC 99/2017, que trata do pagamento de precatórios, e com o representante da CNSP, Smanio informou que o MPSP vai apurar a cessão fraudulenta de crédito.

Idosos com precatórios (referentes a aposentadorias, pensões, salários) para receber, acabam vendendo os valores para golpistas, que pagam por volta de 8% do valor total a ser recebido. Outra prática que afeta os servidores aposentados é aquela em que a vítima é convencida de que tem dinheiro a receber na Justiça, mas o pagamento dependeria de um adiantamento.

O coordenador de Assuntos Estratégicos do MPSP, José Carlos Cosenzo, participou da audiência.


Núcleo de Comunicação Social

Ministério Público do Estado de São Paulo - Rua Riachuelo, 115 – São Paulo (SP)
comunicacao@mpsp.mp.br | Tel: (11) 3119-9027 / 9028 / 9031 / 9032 / 9039 / 9040 / 9095
espaço
espaço

MINISTÉRIO PÚBLICO DO ESTADO DE SÃO PAULO

Rua Riachuelo, 115 - São Paulo - CEP 01007-904 - PABX: 11 3119.9000

Horário de Atendimento: das 9h às 19h

Todos os direitos reservados

 
espaço