Atalho para Facebook
Atalho para Twitter
Atalho para Youtube
Atalho para Instagram
Atalho para Facebook
Atalho para Twitter
Atalho para Youtube
Atalho para Instagram

espaço

Wednesday, 04 de september de 2019

Empresa que realizou evento sem alvarás em Rifaina firma TAC com Promotoria de Justiça

Valor de R$ 40 mil será revertido à segurança pública
Valor de R$ 40 mil será revertido à segurança pública

A Promotoria de Justiça de Pedregulho firmou Termo de Ajustamento de Conduta (TAC) com a empresa D.A.D. – Agência de Viagens visando a compensar o risco social criado pela realização de evento sem Auto de Vistoria do Corpo de Bombeiros (AVCB) na cidade de Rifaina. O evento, denominado “Réveillon Rifaina Beach 2019” ocorreu no dia 31 de dezembro de 2018 no “Condomínio Enseada da Fronteira”, localizado no município, comarca de Pedregulho, famoso por receber grande número de turistas em seus ranchos, principalmente nas festividades de final de ano e Carnaval.

Em razão de irregularidades na montagem da estrutura física do evento, o 2º Subgrupamento de Bombeiros de Franca recusou a expedição de AVCB, e a prefeitura, em consequência, não expediu o alvará do evento. No entanto, a empresa realizou o evento em outro local, mesmo sem os alvarás competentes, recebendo cerca de 2.500 pessoas.

Nos autos do inquérito civil instaurado para apurar os fatos, a D.A.D. – Agência de Viagens Ltda apresentou documentos e informou ter tomado as providências de segurança cabíveis, tanto que, felizmente, não houve qualquer acidente ou dano aos presentes. Em razão do que foi apresentado, entendeu-se proporcional e razoável impor à empresa uma obrigação pecuniária para compensar o risco criado com a realização do evento e para desestimular a reiteração do ato ilegal.

Considerou-se
 adequado que a prestação pecuniária fosse aplicada em melhorias para Rifaina, especialmente na área de segurança pública, para o fomento de ações de prevenção contra violência e incêndios em eventos públicos, de ações de salvamento náutico, etc. Assim, a empresa compromissária se obrigou, através do TAC firmado, a reverter ao Fundo Municipal de Segurança Pública (FUMSEP) de Rifaina a quantia equivalente a R$ 40 mil (4% do faturamento bruto do evento, estimado em R$ 1 milhão). Também se obrigou a obter com antecedência todos os alvarás necessários para a realização de eventos futuros na comarca, sob pena de imposição de multa no valor de R$ 100 mil.


Núcleo de Comunicação Social

Ministério Público do Estado de São Paulo - Rua Riachuelo, 115 – São Paulo (SP)
comunicacao@mpsp.mp.br | Tel: (11) 3119-9027 / 9028 / 9031 / 9032 / 9039 / 9040 / 9095
espaço
espaço

MINISTÉRIO PÚBLICO DO ESTADO DE SÃO PAULO

Rua Riachuelo, 115 - São Paulo - CEP 01007-904 - PABX: 11 3119.9000

Horário de Atendimento: das 9h às 19h

Todos os direitos reservados

 
espaço