Atalho para Facebook
Atalho para Twitter
Atalho para Youtube
Atalho para Instagram
Atalho para Facebook
Atalho para Twitter
Atalho para Youtube
Atalho para Instagram

espaço

Tuesday , 08 de october de 2019

Com novo ato normativo, teletrabalho passa de 2 a até 3 dias por semana

Para Oliveira e Costa, números comprovam acerto do programa implementado pelo MPSP
Para Oliveira e Costa, números comprovam acerto do programa implementado pelo MPSP

 

Por conta dos resultados extremamente positivos alcançados pelo MPSP com a implementação do teletrabalho, a administração superior decidiu ampliar de dois para três dias por semana o número máximo de jornadas que os servidores incluídos no programa podem desempenhar as suas funções sem comparecer à instituição.

 

Essa é a principal novidade no ato normativo 1173/19, publicado na edição desta terça-feira (8/10) no "Diário Oficial". No mesmo ato, o procurador-geral de Justiça, Gianpaolo Smanio, permite que os servidores em estágio probatório, desde que submetidos a duas avaliações em que tenham obtido 75% de aproveitamento, possam aderir ao projeto. "Temos 723 pessoas no programa.

 

Os números provam que foi um grande acerto ter adotado essa prática na instituição", disse o subprocurador-geral de Justiça de Planejamento, Paulo Sérgio de Oliveira e Costa. "Há um ganho de produtividade de no mínimo 15% quando o funcionário adere ao programa", disse o promotor de Justiça Roberto Salles, que responde pela Coordenadoria-Geral dos Servidores.

 

Em relação ao ganho de performance não há mudança quanto ao ato anterior. Continua sendo necessária a comprovação de um aumento de 15% na produtividade para que o servidor permaneça no regime de teletrabalho. Vale o mesmo para a anuência do promotor. Só com ela o interessado pode se inscrever no programa.

 

De acordo com Oliveira e Costa e com Salles, o teletrabalho atende a vários objetivos estabelecidos pela Procuradoria-Geral de Justiça. Além do incremento de produtividade, busca-se também a redução de custos para a instituição, uma vez que se registra decréscimo de energia e água, entre outros insumos.

 

O teletrabalho foi instituído no âmbito do Plano Estratégico do MPSP, desenvolvido pela Subprocuradoria-Geral de Justiça de Planejamento no sentido de modernizar a instituição. Um dos preceitos do plano é justamente apostar na gestão de pessoas para proporcionar as melhores condições possíveis a fim de que os servidores desempenhem suas tarefas, o que traz ganhos para a sociedade, destinatária da atuação do MPSP.

 

 
Veja o vídeo do subprocurador-geral sobre a notícia.

Baixe aquii o vídeo do subprocurador-geral sobre a notícia.

 

 

 


Núcleo de Comunicação Social

Ministério Público do Estado de São Paulo - Rua Riachuelo, 115 – São Paulo (SP)
comunicacao@mpsp.mp.br | Tel: (11) 3119-9027 / 9028 / 9031 / 9032 / 9039 / 9040 / 9095
espaço
espaço

MINISTÉRIO PÚBLICO DO ESTADO DE SÃO PAULO

Rua Riachuelo, 115 - São Paulo - CEP 01007-904 - PABX: 11 3119.9000

Horário de Atendimento: das 9h às 19h

Todos os direitos reservados

 
espaço