espaço

Friday , 20 de november de 2020

Sarrubbo e Troster defendem combate a monopólios coercitivos na pandemia

PGJ e economista publicaram artigo no jornal "O Estado de S.Paulo"
PGJ e economista publicaram artigo no jornal "O Estado de S.Paulo"

Em artigo publicado nesta sexta-feira (20/11) no jornal "O Estado de S.Paulo", o procurador-geral de Justiça, Mario Sarrubbo, e o economista Roberto Luis Troster apontam "uma série de situações em que a livre-iniciativa de mercado, por si só, não assegura uma alocação eficiente" dos recursos na economia. Os autores argumentam que, durante a pandemia da covid-19, "foram criados monopólios coercitivos temporários, que induziram alguns comerciantes a abusar" na fixação de preços por conta do "aumento intempestivo das demandas por produtos como álcool em gel e máscaras protetoras".

 

Em casos como esse, sustentam Sarrubbo e Troster, deve prevalecer o princípio da defesa do consumidor, inscrito na Constituição tanto quanto o da livre-iniciativa. "O Ministério Público do Estado de São Paulo, à vista da hipossuficiência da sociedade nesse tema e reconhecendo que o mercado é uma instituição indissociável da vida em sociedade, tem agido com contundência no combate a preços abusivos", enfatizam. "Tem identificado empresas distribuidoras e fabricantes e instaurado procedimentos concentrados, intervindo em busca de um mercado saudável e garantindo o abastecimento a preço justo, direito dos consumidores brasileiros".


Núcleo de Comunicação Social

Ministério Público do Estado de São Paulo - Rua Riachuelo, 115 – São Paulo (SP)
comunicacao@mpsp.mp.br | Tel: (11) 3119-9027 / 9028 / 9031 / 9032 / 9039 / 9040 / 9095
espaço
espaço

MINISTÉRIO PÚBLICO DO ESTADO DE SÃO PAULO

Rua Riachuelo, 115 - São Paulo - CEP 01007-904 - PABX: 11 3119.9000

Horário de Atendimento: das 9h às 19h

Todos os direitos reservados

 
espaço