Sancionada a lei que cria 900 cargos de assistente jurídico

 

O presidente da Assembléia Legislativa, em exercício no cargo de governador do Estado, deputado Barros Munhoz, sancionou nesta quarta-feira (4) a Lei nº 13.794, que cria no Ministério Público 900 cargos de assistente jurídico. Os cargos, de nível universitário, terão remuneração no valor equivalente ao do cargo de economista.

De acordo com a lei, publicada no Diário Oficial desta quinta-feira (5), serão providos, no máximo, 300 cargos por ano. Para o ingresso no cargo, o que se dará por concurso público, será obrigatória graduação em Direito.

Veja a íntegra da lei: