Link de exemplo

Voltar para Notícias

Administração Superior e Gestão

Prêmio Não Aceito Corrupção 2023 recebe inscrições até 26 de novembro

Promotores e procuradores podem concorrer em iniciativa que reconhece ideias inovadoras

Vai até o dia 26 de novembro o prazo para inscrição na edição 2023 do Prêmio Não Aceito Corrupção, realizado pelo instituto de mesmo nome para reconhecer ideias inovadoras voltadas a prevenir e combater a corrupção. Promotores e procuradores de Justiça podem concorrer nas categorias Experiência Profissional, voltada a operadores do Direito, empreendedores e gestores públicos e privados; e/ou naquela dedicada à Governança Corporativa, que condecora boas práticas nos setores público e privado, com ênfase especial na promoção da inclusão social.

Na categoria Experiência Profissional, são aceitas inscrições individuais ou em equipe. Podem concorrer profissionais formados por instituições públicas e privadas de ensino superior do Brasil. Os candidatos devem enviar um resumo da ideia ou do projeto desenvolvido a partir da experiência profissional, preenchendo diretamente o formulário de inscrição em até 500 palavras. Deve ser disponibilizado também link para vídeo com até 5 minutos de duração. Nesse material, o participante precisa contar sua ideia ou relatar a própria experiência de trabalho. Já os candidatos na categoria Governança Corporativa precisam ser pessoas jurídicas de direito público ou privado, e incluir também um estudo do caso em formato pdf.

O regulamento detalhado está disponível neste link, enquanto o formulário de inscrição pode ser acessado aqui.

O Instituto Não Aceito Corrupção é uma associação sem fins econômicos que foi idealizada pelo procurador de Justiça do MPSP Roberto Livianu. Atuando nas frentes da pesquisa, educação, mobilização social e das políticas públicas, a entidade concentra esforços estruturados no combate estratégico às práticas desonestas.

Notícias Relacionadas