Atalho para Facebook
Atalho para Twitter
Atalho para Youtube
Atalho para Instagram
Atalho para Facebook
Atalho para Twitter
Atalho para Youtube
Atalho para Instagram

espaço

Friday , 01 de february de 2019

Denunciado pelo Gaeco, servidor de Bauru é condenado por falsificação de documento público

Funcionário cometeu crime em diversas ocasiões
Funcionário cometeu crime em diversas ocasiões

Denunciado pelo Grupo de Atuação Especial de Combate ao Crime Organizado (Gaeco), um servidor municipal de Bauru foi condenado por falsificação de documento público. Ele foi sentenciado a 16 anos e quatro meses de reclusão,  em regime inicial fechado, e ao pagamento de 77 dias-multa. 

Após investigações preliminares e cumprimento de mandados de busca expedidos pelo Juízo da 4ª Vara Criminal de Bauru em março de 2018, o Gaeco ofereceu denúncia contra o servidor pela reiterada prática de crimes de falsificação de documento público. A Justiça determinou a suspensão do exercício, pelo servidor, de sua função pública, bem como a proibição de frequência do agente público na repartição onde ele se encontrava lotado.

A atuação do Ministério Público se deu no âmbito de uma das frentes de investigação para apurar fraudes praticadas por servidores na Secretaria de Planejamento da Prefeitura Municipal de Bauru. As providências adotadas somente foram possíveis em razão da colaboração dos órgãos de fiscalização da municipalidade.

 

 


Núcleo de Comunicação Social

Ministério Público do Estado de São Paulo - Rua Riachuelo, 115 – São Paulo (SP)
comunicacao@mpsp.mp.br | Tel: (11) 3119-9027 / 9028 / 9031 / 9032 / 9039 / 9040 / 9095
espaço
espaço

MINISTÉRIO PÚBLICO DO ESTADO DE SÃO PAULO

Rua Riachuelo, 115 - São Paulo - CEP 01007-904 - PABX: 11 3119.9000

Horário de Atendimento: das 9h às 19h

Todos os direitos reservados

 
espaço