Atalho para Facebook
Atalho para Twitter
Atalho para Youtube
Atalho para Instagram
Atalho para Facebook
Atalho para Twitter
Atalho para Youtube
Atalho para Instagram

espaço

Monday , 15 de april de 2019

Justiça acata alegações do MPSP e condena Antonio Palocci por improbidade administrativa

Ele praticou irregularidades quando prefeito de Ribeirão Preto
Ele praticou irregularidades quando prefeito de Ribeirão Preto

A pedido do MPSP, o ex-prefeito de Ribeirão Preto Antonio Palocci foi condenado por improbidade administrativa em decorrência de atos lesivos ao patrimônio público praticados quando ele estava à frente do Poder Executivo local. Ele teve os direitos políticos suspensos por cinco anos e foi sentenciado ao ressarcimento dos danos causados e ao pagamento de multa, além de ter ficado proibido de contratar com o poder público por cinco anos.

De acordo com as alegações do Ministério Público e acatadas pela Justiça, Palocci abriu, em 2002, créditos adicionais suplementares sem a existência dos recursos financeiros previstos na legislação; efetuou pagamentos indevidos de gratificações para 26 servidores técnicos em contabilidade sem que eles tivessem assinado balancetes na qualidade de corresponsáveis e ainda autorizou a concessão de adiantamentos irregulares à Liga Ribeirãopretana de Futebol e Desportiva.

A ação foi proposta pelo promotor de Justiça Sebastião Sérgio da Silveira.


Núcleo de Comunicação Social

Ministério Público do Estado de São Paulo - Rua Riachuelo, 115 – São Paulo (SP)
comunicacao@mpsp.mp.br | Tel: (11) 3119-9027 / 9028 / 9031 / 9032 / 9039 / 9040 / 9095
espaço
espaço

MINISTÉRIO PÚBLICO DO ESTADO DE SÃO PAULO

Rua Riachuelo, 115 - São Paulo - CEP 01007-904 - PABX: 11 3119.9000

Horário de Atendimento: das 9h às 19h

Todos os direitos reservados

 
espaço