espaço

Wednesday, 24 de november de 2021

Responsáveis pela morte de paciente de clínica em Valinhos são denunciados por Promotoria

Homem foi espancado no trajeto até o estabelecimento
Homem foi espancado no trajeto até o estabelecimento

Nesta quarta-feira (24/11), a Promotoria de Justiça de Jaú denunciou quatro pessoas pelo sequestro, cárcere privado e pela morte de um homem que deveria ter sido levado para internação em uma clínica de reabilitação situada em Valinhos. Os crimes ocorreram em 8 de novembro deste ano. 

O promotor de Justiça Rogério Rocco Magalhães narra na denúncia que a irmã da vítima havia contratado os serviços da clínica para o tratamento do homem. Os trâmites foram acordados com um dos denunciados, que se apresentou como responsável pela área médica da empresa. No dia dos fatos, três dos denunciados se dirigiram à casa do homem e o obrigaram a entrar em um veículo. A intenção dos envolvidos era levá-lo até a clínica, onde o paciente seria mantido em cárcere privado em troca de remuneração a ser paga pela irmã. 

No trajeto, contudo, o paciente reagiu e tentou abandonar o carro, clamando por socorro. Diante disso, os denunciados passaram a agredi-lo, desferindo nele socos e chutes e imobilizando-o com uma "gravata", provocando uma série de lesões corporais que levaram à morte. 

A Promotoria requereu ainda a decretação de prisão preventiva de dois denunciados e a manutenção da custódia dos outros dois, que já se encontram detidos.

O caso tramita em segredo de Justiça.


Núcleo de Comunicação Social

Ministério Público do Estado de São Paulo - Rua Riachuelo, 115 – São Paulo (SP)
comunicacao@mpsp.mp.br | Tel: (11) 3119-9027 / 9028 / 9031 / 9032 / 9039 / 9040 / 9095
espaço
espaço

MINISTÉRIO PÚBLICO DO ESTADO DE SÃO PAULO

Rua Riachuelo, 115 - São Paulo - CEP 01007-904 - PABX: 11 3119.9000

Horário de Atendimento: das 9h às 19h

Todos os direitos reservados

 
espaço